PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Hillary chama Trump de 'asqueroso' em novo livro

24/08/2017 15h37

ROMA, 24 AGO (ANSA) - A ex-candidata democrata à Presidência dos Estados Unidos Hillary Clinton chamou o atual mandatário do país, Donald Trump, de "asqueroso" em seu livro de memórias, intitulado "What Happened?" ("O que aconteceu?", em tradução livre), que conta os bastidores de sua campanha eleitoral em 2016.   

A obra da democrata deve ser lançada no dia 12 de setembro de 2017 e cita diversos incidentes com o rival republicano. Alguns trechos da versão em áudio do livro foram divulgados pela emissora "MSNBC".   

"Estávamos em um palco pequeno, e não importava para onde eu caminhasse, ele [Trump] me seguia de perto, me encarando, fazendo caretas. Foi incrivelmente incômodo. Ele estava literalmente respirando em meu pescoço", escreveu Hillary.   

Após isso, ela chamou o presidente norte-americano de "asqueroso". "Você se mantém calma, segue sorrindo e continua como se não estivessem invadindo de maneira repetida seu espaço? Ou você se vira, olha nos olhos e diz, alto e claro: 'sai para lá, asqueroso, se afaste de mim'? Já sei que você se encanta em intimidar as mulheres, mas não pode me intimidar", continuou.   

Nesta passagem, Hillary se referia a um dos momentos mais comentados do segundo debate entre os candidatos, quando Trump ficou perto dela em diversas ocasiões. Tida como favorita, a democrata recebeu 48,2% dos votos na eleição de 2016, contra 46,1% do republicano, mas perdeu no colégio eleitoral, já que o magnata conquistou estados com maior peso. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional