Produtores de uva enfrentam ataques e roubos na Itália

ROMA, 25 SET (ANSA) - Devido às mudanças climáticas na Itália, a produção de uva foi prejudicada neste ano; e os donos de vinícolas da região da Púglia estão enfrentando um surto de roubos de uvas, como também de amêndoas e azeitonas.   

O presidente da Coldiretti Puglia, Gianni Cantele, denunciou que "os roubos ocorrem todos os dias". Segundo ele, os agricultores das plantações estão se dividindo para fazer vigílias: enquanto alguns colhem os alimentos, outros ficam supervisionando a área para evitar mais roubos.   

Com o clima seco e, posteriormente, a forte chuva que atingiu a região, muitas plantações foram danificadas. Cantele informou que a produção de azeitona caiu cerca de 60% e a de uva, 25%.   

Calcula-se que os danos sejam de 200 milhões de euros.   

Na tentativa de conter os roubos, o presidente da organização agrícola foi até áss Prefeituras regionais em busca de aumentar o patrulhamento policial da área.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos