Emmy cancela homenagem a Kevin Spacey após escândalo

NOVA YORK, 31 OUT (ANSA) - Após o anúncio de que a série "House of Cards" terá só mais uma temporada, o ator Kevin Spacey, protagonista da atração e acusado de assédio sexual, sofreu mais um revés.   

A Academia Internacional das Artes e Ciências Televisivas, responsável pelo Emmy, anunciou na última segunda-feira (30) o cancelamento de um prêmio honorário que seria dado a Spacey no próximo dia 20 de novembro.   

Na próxima cerimônia do Emmy, o ator receberia o "International Emmy Founders Award", homenagem concedida a empresas ou pessoas que contribuíram para a qualidade da produção televisiva. No entanto, a Academia decidiu cancelar a homenagem por conta do escândalo de assédio.   

No último domingo (29), o ator Anthony Rapp acusou Spacey de tentar seduzi-lo em 1986, quando ele tinha 14 anos. O astro disse não se lembrar do episódio, mas pediu desculpas por um "comportamento bêbado e profundamente inapropriado".   

Em sua retratação, Spacey também anunciou que é homossexual, motivando uma onda de críticas daqueles que acreditam que o ator resolveu revelar sua opção para abafar a denúncia. Em uma entrevista ao tabloide britânico "Daily Mail", o irmão mais velho de Spacey, Randall Fowler, disse que o pai deles era "nazista" e transformara a adolescência dos dois em um "inferno".   

Além disso, Fowler afirmou ter sido violentado por seu genitor.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos