Itália abre 'corredor' e recebe 160 refugiados da Líbia

ROMA, 22 DEZ (ANSA) - Cerca de 160 refugiados provenientes da Líbia desembarcaram nesta sexta-feira (22) em Roma, inaugurando o primeiro corredor humanitário entre o país africano e a Itália.   

A viagem foi possibilitada graças a um acordo entre as duas nações, a ONU e a Conferência Episcopal Italiana (CEI), como uma forma de combater as denúncias de violações de direitos humanos em campos de acolhimento em território líbio.   

As pessoas resgatadas estavam em um centro de detenção para imigrantes clandestinos em Trípoli. Elas foram identificadas pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), que reconheceu que elas tinham direito a receber proteção internacional.   

"Desde o início do ano, fizemos 995 visitas aos centros [de detenção] e conseguimos libertar 1,2 mil pessoas. Mas acreditamos que esse número vá crescer no ano que vem e conseguiremos evacuar da Líbia entre 5 mil e 10 mil pessoas em condição de fragilidade", diz o chefe do Acnur no país africano, Roberto Mignone.   

Os refugiados serão inseridos no Serviço Central do Sistema de Proteção para Solicitantes de Refúgio (Sprar) e acolhidos por dioceses de toda a Itália. "É um dia histórico. Pela primeira vez, graças ao trabalho extraordinário de tantas pessoas, foi aberto um canal humanitário dentro da lei entre a Líbia e a Europa", comemorou o ministro italiano do Interior, Marco Minniti.   

Desde que Roma passou a equipar e treinar a Guarda Costeira da Líbia para resgates no Mediterrâneo, o número de pessoas que fazem a travessia marítima até a Itália caiu drasticamente, enquanto a quantidade de migrantes forçados no país africano cresceu de maneira exponencial.   

Nos últimos meses, surgiram diversas denúncias de violações dos direitos humanos contra estrangeiros presos em centros de detenção líbios, além de flagrantes de vendas de cidadãos da África Subsaariana como escravos em Trípoli. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos