Papa celebra casamento durante viagem de avião no Chile

IQUIQUE, 18 JAN (ANSA) - O papa Francisco celebrou um casamento entre dois funcionários da Latam enquanto viajava de Santiago para Iquique, no Chile, nesta quinta-feira (18).   

A cerimônia inédita não estava no cronograma divulgado pelo Vaticano e foi feita de maneira improvisada.   

Segundo as informações da companhia e dos jornalistas que estavam no voo, Carlo Ciuffardi, 41 anos, e Paula Podest, 39, foram pedir uma benção a Jorge Mario Bergoglio durante as mais de duras horas de viagem. Então, Francisco pediu se eles eram casados e eles responderam que apenas no civil.   

Curioso, o sucessor de Bento XVI pediu qual o motivo de não terem feito a união religiosa e eles responderam que a igreja onde tinham marcado a cerimônia, em 2010, foi totalmente destruída por um forte terremoto justamente no dia do casório.   

Naquele momento, por decisão do próprio Francisco, ele fez o casamento nas alturas. Jorge Mario Bergoglio fez todas as perguntas comuns em uma cerimônia religiosa, como o valor do matrimônio e da união do casal.   

Como testemunhas, foram rapidamente recrutados o padre Felipe Herrera, que acompanhava o voo, e o presidente da Latam, Ignacio Cueto.   

A alegria era visível no rosto dos dois - e se espalhou entre os jornalistas, que relataram a história. Paula é a chefe das comissárias de bordo do voo, enquanto Carlo trabalha como técnico da companhia aérea.   

O porta-voz da Santa Sé, Greg Burke, destacou aos jornalistas a validade do matrimônio celebrado pelo Pontífice e informou que eles receberam até mesmo uma certidão, escrita à mão, comprovando a união religiosa. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos