Italianos lançam azeite produzido em terras tiradas da máfia

ROMA, 31 JAN (ANSA) - A região do Lazio, no centro da Itália, anunciou a criação de uma marca de azeite de oliva feito com azeitonas cultivadas em terras confiscadas da máfia.   

O novo rótulo se chama "Sòlea" e foi lançado em Latina, cidade de pouco mais de 120 mil habitantes situada a 70 quilômetros de Roma.   

Os azeites serão produzidos a partir de oliveiras plantadas e cultivadas por estudantes de institutos técnicos agrários do Lazio em terrenos que pertenciam a organizações mafiosas e foram recuperados pelo poder público.   

"Nasce a marca Sòlea, azeite produzido pelos institutos agrários, que cultivarão as terras confiscadas da máfia. Contra a máfia com a escola e o trabalho", escreveu no Twitter o governador do Lazio, Nicola Zingaretti.   

Os terrenos foram cedidos às prefeituras de Latina, Priverno e Spigno Saturnia e a seus respectivos institutos agrários, espécies de escolas técnicas voltadas à formação de jovens que desejam trabalhar no campo.   

"As províncias do Lazio estão sob ataque das máfias há anos, inclusive a de Latina", disse Zingaretti no lançamento da nova marca, que usa como slogan a frase "o azeite da legalidade".   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos