PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Áustria propõe militares para controlar fronteiras na UE

29/08/2018 12h39

VIENA, 29 AGO (ANSA) - A Áustria apresentará nesta quinta-feira (30) uma proposta para empenhar militares dos países-membros da União Europeia em missões da Agência Europeia da Guarda de Fronteiras e Costeira (Frontex), que é um órgão civil.   

O objetivo seria dar apoio logístico, de transporte, reconhecimento e, em casos particulares, em operações de controle das fronteiras externas para conter fluxos migratórios.   

Segundo fontes diplomáticas ouvidas pela ANSA, a proposta será levada à reunião desta quinta no Conselho de Defesa da UE.   

Com esse projeto, no entanto, a Áustria pode estar de olho em outro teatro da crise migratória: a fronteira com a Itália em Brennero, uma das passagens usadas por solicitantes de refúgio para chegar ao norte da Europa.   

A União Europeia já possui uma operação no Mediterrâneo, a "Sophia", que é questionada por Roma por prever o desembarque de migrantes resgatados no porto seguro mais próximo. Por estar no sul do bloco e perto da costa da Líbia, a Itália é geralmente o local escolhido para levar os deslocados internacionais. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional