PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Nigeriano comete suicídio em trem após Itália negar asilo

31/01/2019 10h42

GÊNOVA, 31 JAN (ANSA) - Um nigeriano de 25 anos de idade cometeu suicídio ao se atirar debaixo de um trem em Tortona, na região do Piemonte, após o governo italiano negar uma autorização de residência por razões humanitárias. A informação foi revelada pelo monsenhor Giacomo Martino, chefe dos Migrantes de Gênova, na noite desta quarta-feira (30). O funeral do jovem migrante será realizado amanhã (1) às 11h30 (horário local) na igreja de Annunziata em Gênova. De acordo com dados do governo, o número de permissões de estadia por motivos humanitários na Itália despencou no início de 2019, em função da entrada em vigor do Decreto de Imigração e Segurança, editado pelo ministro do Interior e vice-premier, Matteo Salvini, em outubro passado. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional