PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
1 mês

Itália prorroga proibição de entrada de viajantes da Índia

Itália prorroga em até 30 dias proibição de entrada de viajantes da Índia - EPA
Itália prorroga em até 30 dias proibição de entrada de viajantes da Índia Imagem: EPA

06/05/2021 16h43Atualizada em 06/05/2021 18h10

O ministro da Saúde da Itália, Roberto Speranza, decidiu nesta quinta-feira (6) prorrogar em até 30 dias a medida que proíbe a entrada no país de pessoas que tenham transitado pela Índia, Sri Lanka e Bangladesh nos 14 dias anteriores à viagem.

A decisão foi tomada como medida de precaução contra o aumento no número de casos do novo coronavírus no território italiano.

A restrição, porém, não é válida para cidadãos italianos, que poderão voltar para casa, mas precisarão fazer exame PCR antes do embarque e cumprir um período de quarentena na chegada.

O governo italiano já havia proibido a entrada no país de viajantes provenientes desses três países no fim de abril, em decorrência do agravamento da situação epidemiológica registrada nas três nações.

Com quase 1,4 bilhão de habitantes, a Índia enfrenta o pior momento da pandemia de covid-19 e tem contabilizado recordes diários de casos e mortes em 24 horas. A explosão nos números da crise sanitária ocorreu depois do relaxamento das restrições e o surgimento de uma variante do Sars-CoV-2 potencialmente mais contagiosa.

Hoje, o território indiano bateu um novo recorde de infecções e mortes, com 412.262 casos e quase 4 mil vítimas em um dia. A emergência, que pode se espalhar para outros países, levou os Estados Unidos a apoiar, a pedido de Nova Délhi, a suspensão das patentes para vacinas anticovid.

Coronavírus