PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Casa Branca confirma reunião entre Biden e Papa em 29 de outubro

27.ago.2021 - O presidente dos EUA, Joe Biden, durante encontro com o primeiro-ministro de Israel, Naftali Bennett - Pool/Getty Images via AFP
27.ago.2021 - O presidente dos EUA, Joe Biden, durante encontro com o primeiro-ministro de Israel, Naftali Bennett Imagem: Pool/Getty Images via AFP

14/10/2021 11h42

A Casa Branca confirmou nesta quinta-feira (14) que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, será recebido pelo papa Francisco no Vaticano em 29 de outubro.

O compromisso acontecerá durante uma viagem de Biden à Itália para a cúpula anual de líderes do G20, marcada para 30 e 31 deste mês, em Roma.

"O presidente Biden vai visitar a Cidade do Vaticano e ter uma audiência com Sua Santidade papa Francisco em 29 de outubro.

Eles discutirão sobre como trabalhar juntos nos esforços fundados no respeito pela dignidade humana fundamental, incluindo o fim da pandemia de Covid-19, o combate à crise climática e o cuidado com os pobres", disse a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki.

Biden é o primeiro presidente católico nos EUA em 58 anos e apenas o segundo na história - o outro foi John Kennedy (1961-1963). No entanto, está na mira do clero conservador americano por causa de sua agenda pró-aborto.

Recentemente, os bispos dos EUA autorizaram a elaboração de um documento que pode abrir caminho para proibir a comunhão, principal sacramento católico, a políticos que defendam a interrupção voluntária da gravidez.

Biden apoia o direito das mulheres ao aborto, embora se diga pessoalmente contrário a essa prática. Após a visita ao Vaticano e a cúpula do G20, o presidente viajará para Glasgow, no Reino Unido, onde participará da conferência climática das Nações Unidas, a COP26.

Internacional