Irmãs separadas por erupção de vulcão são reunidas 30 anos depois

Duas irmãs separadas na infância após uma avalanche causada pela erupção de um vulcão foram reunidas 30 anos depois.

A erupção na cidade de Armero, na Colômbia, deixou mais de 20 mil pessoas mortas nos anos 1980.

Acreditava-se que as irmãs, Lorena e Jaqueline, eram órfãs. Elas foram adotadas por famílias diferentes e não sabiam o que havia acontecido uma com a outra --até agora.

Elas tinham três e nove anos, respectivamente, quando o vulcão Tolima entrou em erupção, em novembro de 1985.

As duas foram reunidas quando Jaqueline viu o vídeo no qual Lorena fazia um apelo para descobrir o paradeiro de parentes.

Jaqueline entrou em contato com uma fundação que realizou um teste de DNA, provando que as duas eram irmãs.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos