Os parques abandonados que 'a Disney não quer que você veja'

A leste do parque Magic Kingdom, no Walt Disney World, Estado americano da Flórida, existe um lago chamado Bay Lake.

No meio do lago existe uma ilha, onde ficava o Discovery Island - um parque abandonado que, segundo depoimentos, a Disney prefere manter escondido e não deixa ninguém se aproximar.

Em um local um pouco mais distante fica outro parque deserto, o River Country.

Estes são os únicos parques da Disney fechados permanentemente. O Discovery Island era uma reserva natural que funcionou entre os anos de 1974 e 1999 e o River Country, um parque aquático que funcionou entre 1976 e 2001.

E o local é muito valorizado. Saindo do parque Discovery Island, basta cruzar a água do lago que cerca a ilha para chegar ao Magic Kingdom.

Seph Lawless é um fotojornalista do Estado americano de Ohio que se dedica a fotografar esses espaços e tem postado as fotos em sua conta no Instagram.

Em entrevista à BBC, ele disse que espera que a divulgação das fotos convença a Disney a limpar estes locais.

"Acho que a Disney pode fazer algo melhor e sinto que eles vão. Não sei por que (os parques ficaram fechados) há tanto tempo. Talvez seja porque eles ficam tão escondidos e não se toca no assunto", afirmou.

"É uma excelente oportunidade imobiliária para eles. É totalmente incompreensível que eles não explorem e usem esta terra de uma forma positiva."

A BBC entrou em contato com a Disney, mas não houve retorno até o momento.

Distância

A Disney não permite que ninguém chegue perto dos parques abandonados, mas é possível alugar barcos para a navegação no lago onde fica o antigo parque Discovery Island, o Bay Lake.

Segundo Lawless, a área é muito vigiada e as pessoas só conseguem chegar a 15 metros da ilha.

"Quando você está no Bay Lake, você é quase acompanhado (todo o tempo). Vários seguranças em barcos ficam te observando. Se você chegar perto demais da ilha, eles te empurram para longe. Eles gritam com você", disse.

"Provavelmente eu cheguei um pouco mais perto da ilha do que deveria."

Lawless alega que acabou sendo banido da Disney World, mesmo que ele não tenha conseguido entrar na ilha ou no antigo parque River Country.

Beleza

Seph Lawless disse à BBC que evitou, de forma deliberada, fazer com que a área parecesse feia em suas fotos.

"Às vezes, durante a edição (da foto) eu mostro as imagens de uma forma criativa para que elas fiquem bem fortes. Mas mesmo neste caso eu queria mostrar algo bonito."

"O objetivo aqui não é apenas dizer que a Disney está arruinando a terra... A mensagem é que eles construíram algo, se beneficiaram disso e agora deixam lá para apodrecer. Eles poderiam ter feito alguma coisa com aquela terra que poderia ter beneficiado o meio ambiente e a vida selvagem de lá", afirmou.

Lawless tentou descobrir por que a Disney não fez nada com a área.

"Eles nem tiveram uma resposta clara a respeito. Um funcionário da Disney disse que é por causa da poluição do show de fogos de artifício à noite e dos parques e barcos. Outros dizem que é por causa de algum tipo de bactéria que causou uma morte na década de 1980."

O fotógrafo se refere a um caso relatado pela agência de notícias Associated Press, de um menino de 11 anos que morreu depois de nadar no River Country. Uma ameba teria entrado no nariz do menino e atacado seu sistema nervoso.

Ele não tinha nadado em nenhum outro lugar na época.

Mas esse caso ocorreu 19 anos antes do fechamento dos dois parques.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos