Deslizamento em aterro de lixo mata ao menos 19 no Sri Lanka

  • Dinuka Liyanawatte/Reuters

    Militares carregam corpo de vítima de deslizamento em aterro sanitário em Colombo (Sri Lanka)

    Militares carregam corpo de vítima de deslizamento em aterro sanitário em Colombo (Sri Lanka)

Um deslizamento no depósito de lixo de Kolonnawa, na capital do Sri Lanka, Colombo, provocou a morte de ao menos 19 pessoas neste sábado (15). Segundo a porta-voz de um hospital da capital cingalesa, entre os mortos estão quatro crianças e adolescentes.

O deslizamento aconteceu à tarde (hora local), quando toneladas de resíduos atingiram 145 barracos e casas vizinhas do aterro onde viviam cerca de 600 pessoas, disse um funcionário do Centro de Gestão de Desastres do país asiático.

A montanha de lixo de 91 metros de altura, situada no limite nordeste de Colombo, passou a correr risco de deslizamento após as chuvas torrenciais da noite de sexta-feira.

Na hora do deslizamento, muitos moradores já haviam deixado suas casas. Do contrário, o número de vítimas teria sido muito mais elevado, segundo as autoridades.

Centenas de soldados foram mobilizados para o local do acidente, depois de o presidente Maithripala Sirisena ter ordenado ao Exército e à polícia que dessem apoio aos bombeiros.

Um porta-voz militar disse neste sábado que os trabalhos de resgate continuam. Ele ressaltou, porém, que as chances de encontrar sobreviventes 24 horas após o deslizamento são poucas.

Os habitantes da zona onde aconteceu a catástrofe denunciaram várias vezes a devastação ambiental causada pelo lixão a céu aberto, onde são descarregadas diariamente 800 toneladas de lixo. O local armazena cerca de 23 milhões de toneladas de detritos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos