Crise econômica e política de drogas estão na agenda de chanceleres da Unasul

Quito, 28 jan (EFE).- Os chanceleres da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) reunidos em Quito tratarão nesta quinta-feira assuntos relacionados com a crise econômica e uma nova política de drogas, entre outros assuntos, informou o titular da organização, Ernesto Samper.

"Falaremos de crise econômica e de suas saídas, que não podem implicar em um ajuste social", escreveu o secretário de Unasul em sua conta no Twitter.

Nessa rede social, Samper acrescentou que os representantes falarão também de "uma nova política de drogas baseada nos direitos humanos e avaliarão a bem-sucedida Missão Eleitoral à Venezuela", disse.

Os chanceleres da Unasul manterão uma reunião ordinária um dia depois de terem participado da IV cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), que aconteceu na sede da Unasul, em Quito.

A Unasul é formada pela Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Chile, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos