Bélgica acredita que Turquia deportou El Bakraoui antes de avisar países

Bruxelas, 24 mar (EFE).- O ministro de Justiça belga, Koen Geens, disse nesta quinta-feira que as informações disponíveis apontam que a Turquia avisou sobre a deportação de Ibrahim El Bakraoui - um dos supostos autores dos atentados de Bruxelas - apenas depois da medida ser aplicada, o que impossibilitou sua prisão na Holanda, onde seu avião aterrissou.

"Achamos que a Turquia nos alertou sobre a expulsão após o momento em que ocorreu, nos advertiram após a aterrissagem do avião em Schipol (aeroporto internacional de Amsterdã) e era complicado prendê-lo lá", disse Geens em entrevista ao término do conselho extraordinário de ministros europeus de Interior, ao informar que El Bakraoui foi detido por Ancara perto da fronteira síria.

Geens, que hoje apresentou sua renúncia - que foi rejeitada pelo primeiro-ministro, Charles Michel - por causa das críticas recebidas pela gestão belga, disse que tanto ele como o colega de Interior, Jan Jambon (que também apresentou a renúncia hoje, igualmente recusada) comparecerão amanhã ao parlamento para dar explicações.

O ministro disse não ter certeza se a embaixada holandesa ou o governo da Holanda estavam informados sobre a expulsão antes de ela ocorrer.

As suposições no momento são que El Bakraoui possuía uma carteira de identidade belga, aterrissou em Schipol e entrou na Holanda como qualquer cidadão belga, explicou o ministro.

"Esta é a informação que temos por enquanto, estamos verificando e amanhã debateremos no parlamento sobre esta questão", acrescentou Geens.

Perguntado se a embaixada belga na Turquia sabia sobre a situação na época, o ministro respondeu com imprecisão.

"Não digo que a embaixada não soubesse da detenção antes de expulsão. Foi uma comunicação formal. Mas isso foi em junho e depois (El Bakraoui) foi expulso sem aviso. Assim é a história exatamente. A única coisa que sabíamos é que em junho ele tinha sido detido perto da fronteira com a Síria", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos