Protesto contra morte de terrorista na Caxemira indiana deixa 21 mortos

(Atualiza o número de mortos).

Nova Délhi, 10 jul (EFE).- O número de mortos em protestos violentos na Caxemira indiana subiu neste domingo para 21 e o de feridos para cerca de 200, no segundo dia de distúrbios na região pela morte na sexta-feira de um terrorista do grupo separatista Hizb-ul-Mujahideen (HM) pelas forças de segurança.

Um agente da polícia morreu quando uma multidão empurrou sua viatura no rio Jhelum, detalhou o porta-voz do governo regional, Naeem Akhtar, em entrevista coletiva na capital de verão da Caxemira, Srinagar.

Outras cinco pessoas morreram ao longo do dia, o que eleva o balanço de vítimas mortais desde a noite de sexta-feira a 21, enquanto os feridos se situam em pelo menos 200, segundo o jornal local "Indian Express".

O inspetor geral da polícia da Caxemira, Javid Geelani, disse à Agência Efe que neste segundo dia de violência aconteceram vários confrontos entre manifestantes e as forças de segurança, além de incidentes de lançamento de pedras, mas afirmou que a situação geral é "melhor" que ontem.

As autoridades impuseram o toque de recolher em vários pontos da região, segundo a fonte.

Fotografias de Srinagar registradas pela Agência Efe mostram ruas desertas cercadas com arame farpado nas quais montam guarda soldados das forças de segurança indianas armados com fuzis.

O insurgente separatista Burhan Wani, de 21 anos e um dos rostos mais conhecidos da HM por sua atividade nas redes sociais, morreu na sexta-feira junto com outros dois terroristas em uma operação conjunta da polícia e do rxército indianos na cidade de Kokernag.

Após saber da notícia, líderes independentistas convocaram uma greve de três dias para protestar contra a morte do jovem, que já previa incidentes violentos em uma região onde os distúrbios são frequentes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos