Comitê Democrata pede desculpas a Sanders por escândalo de e-mails

Filadélfia (EUA), 25 jul (EFE).- O Comitê Nacional do Partido Democrata (DNC, na sigla em inglês) pediu desculpas nesta segunda-feira ao senador Bernie Sanders devido ao escândalo dos e-mails que vazaram pelo Wikileaks e revelaram estratégias da legenda para enfraquecer sua campanha eleitoral em favor de sua adversária nas primárias, Hillary Clinton.

"Em nome de todos no DNC, queremos fazer um pedido de desculpa sincero e profundo ao senador Bernie Sanders, seus apoiadores e todo o Partido Democrata por comentários indesculpáveis feitos nos e-mails", disseram em comunicado os principais líderes do comitê.

Esses comentários "não refletem os valores do DNC, nem nosso firme compromisso com a neutralidade durante o processo de indicação", acrescentaram.

Além disso, os líderes do DNC afirmaram que estão sendo tomadas as "medidas adequadas para garantir" que o ocorrido com Sanders "não volte a ocorrer".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos