PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Estado de saúde de Shimon Peres piorou, diz imprensa israelense

27/09/2016 11h45

Jerusalém, 27 set (EFE).- O estado de saúde do ex-presidente de Israel e prêmio Nobel da Paz Shimon Peres, de 93 anos, piorou drasticamente, informou nesta segunda-feira a imprensa local.

De acordo com o jornal "The Jerusalem Post", que cita um comunicado do médico pessoal e genro de Peres, Rafi Walden, a condição do ex-presidente é "extremamente séria".

A versão digital do jornal acrescenta que os médicos temem que o funcionamento dos órgãos vitais de Peres começou a paralisar.

A emissora "Canal 10" informou que Peres tinha sofrido uma "falência múltipla" dos órgãos. As funções renais e respiratórias do ex-presidente estariam seriamente afetadas.

Peres está internado no Centro Médico Shiva, que fica na cidade de Tel Hashomer, perto de Tel Aviv, desde o último dia 13 de setembro, quando sofreu um acidente vascular cerebral (AVC).

Desde então, apesar de a vida do ex-presidente ter estado por um fio nas primeiras 24 horas depois a entrada no hospital, a o estado de saúde de Peres, ainda grave, se estabilizou. Várias tomografias realizadas no líder israelense tiveram resultados considerados satisfatórios pelos médicos.

A piora após duas semanas surpreendeu, especialmente depois de os médicos terem informado uma leve melhora. Eles avaliaram até permitir que Peres respirasse sem a ajuda de aparelhos.

Uma fonte próxima a Peres que pediu anonimato confirmou à Agência Efe que a situação do ex-presidente piorou. Segundo ela, os médicos estão reunidos no hospital para acompanhar a evolução do quadro.

Internacional