Hackers atacam site de organismo que organiza referendo da paz na Colômbia

Bogotá, 28 set (EFE).- Hackers não identificados atacaram nesta quarta-feira o site do Cartório Nacional da Colômbia, ente organizador das eleições no país, quatro dias antes do referendo no qual se aprovará ou não o acordo de paz entre o governo e as Farc, informaram fontes oficiais.

"Hoje o aplicativo de informação ao votante de nosso site foi alvo de ataque informático", disse em entrevista coletiva o titular do Cartório Nacional, Juan Carlos Galindo.

O ataque, cuja autoria não foi identificada, "fez com que o sistema de proteção fosse ativado e se suspendesse o aplicativo dentro da web", acrescentou Galindo.

No entanto, Galindo explicou que só foi afetado o "aplicativo de informação ao votante", mas nenhuma base de dados ou informação-chave foi alterada.

Momentos depois do ataque, o Cartório Nacional se comunicou com o diretor da polícia colombiana, general Jorge Nieto, para solicitar uma investigação.

Por último, Galindo destacou que "o processo está blindado e não há afetações de bases de dados nem de censo" para o referendo do próximo domingo.

Pelo menos 34.899.945 cidadãos poderão votar no país e no exterior no referendo. A opção do "sim" deve obter pelo menos 13% do censo eleitoral, o que significa que necessitará pelo menos 4.396.626 votos para ser aprovado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos