Pyongyang louva Kim Jong-un no aniversário do partido único

Seul, 10 out (EFE).- A Coreia do Norte louvou nesta segunda-feira a figura de seu líder, Kim Jong-un, e pediu ao povo para mostrar lealdade a ele por ocasião do 71º aniversário da fundação do Partido dos Trabalhadores.

Em um editorial do jornal "Rodong Sinmun", o principal do país, se ressalta a necessidade de que o povo mostre grande devoção por Kim, nomeado presidente do partido durante o congresso de maio passado (o primeiro realizado em 36 anos) para sedimentar sua liderança sobre o regime hereditário norte-coreano.

No ano passado, por ocasião do 70º aniversário do partido único norte-coreano, o regime realizou um espetacular desfile militar no centro de Pyongyang para exibir o poderio de seu Exército.

No entanto, tudo aponta que este ano a Coreia do Norte comemorará a data sem grandes atos nem informando com detalhe sobre as atividades que fará Kim Jong-un, como apontam observadores externos, como o Ministério da Unificação sul-coreano.

Neste sentido, a agência de notícias "KCNA" se limitou a informar que funcionários de alto escalão do partido e do Exército visitaram hoje o Palácio do Sol de Kumsusan, para prestar homenagem ao corpo embalsamado de Kim Jong-il e Kim Il-sung, pai e avô, respectivamente, do atual líder.

No entanto, a nota informativa não incluiu o nome de Kim Jong-un entre os presentes.

O aniversário deste ano vem marcado por um clima de tensa expectativa perante a possibilidade de que Pyongyang faça um teste de armas por ocasião do aniversário.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos