Horário de votação termina na maior parte do país; TSE registra 48 detenções

Rio de Janeiro, 30 out (EFE).- O horário de votação do segundo turno das eleições municipais terminou neste domingo na maior parte do país sem incidentes significativos, mas com a detenção de 48 pessoas por violação de leis eleitorais, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

As urnas fecharam às 17h (de Brasília) na maioria das 57 cidades que não elegeram prefeitos no primeiro turno, no último dia 2, como Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Devido à diferença de fusos e pela adoção ou não do horário de verão, em algumas cidadesa votação continua. Em Manaus, por exemplo, terminará às 19h de Brasília.

Cerca de 33 milhões de eleitores estavam convocados a ir às urnas em 18 capitais e 39 municípios do país onde nenhum dos candidatos obteve mais de 50% dos votos válidos no primeiro turno.

Apesar da ausência de grandes incidentes, 48 pessoas foram detidas por diferentes tipos de infrações eleitorais, mas nenhuma delas havia se candidatado.

Assim como no dia 2 de outubro, militares reforçaram a segurança em 12 cidades, a maioria delas no estado do Rio de Janeiro, onde nos últimos meses aumentou a violência e os ataques contra candidatos a prefeito e vereador.

Na capital fluminense, as primeiras pesquisas de boca de urna indicaram a vitória de Marcelo Crivella (PRB) com 57% dos votos, contra 43% de Marcelo Freixo (PSOL).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos