Tsipras dá adeus ao fiador de "dignidade e independência" Fidel Castro

Atenas, 26 nov (EFE).- O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, se despediu neste sábado de Fidel Castro, "líder histórico da esquerda mundial" e fiador "da dignidade e da independência de seu povo".

Em mensagem publicada em sua conta na rede social Facebook, Tsipras afirmou que Fidel Castro estabeleceu as bases para a cooperação regional na América Latina.

"A geração que se vai deixa um enorme legado histórico, simbólico e político, que temos que conduzir em condições extremamente difíceis, com um fracasso do neoliberalismo, mas sem que a visão socialista tenha encontrado ainda uma nova articulação", afirmou o líder do esquerdista Syriza.

Tsipras reproduziu algumas palavras que o líder cubano o transmitiu quando ganhou as eleições gregas em 2015.

"Nas condições políticas atuais em nosso planeta, cada decisão, mais do que nunca, deve ser analisada e aplicada com precaução. Adeus Comandante. Até a vitória, sempre, do povo", concluiu.

O Ministério das Relações Exteriores grego expressou em comunicado "sinceras condolências" ao povo e ao governo de Cuba pela perda de Fidel Castro, uma "figura emblemática da política internacional e firme e fiel amigo da Grécia e do Chipre".

Fidel Castro será recordado pela "valente luta" e como "ponto de referência da libertação e do movimento social", acrescentou o Ministério.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos