Senado colombiano referenda acordo de paz com as Farc

Bogotá, 30 nov (EFE).- O Senado da Colômbia referendou no início da madrugada desta quarta-feira o acordo de paz assinado no último dia 24 entre o governo e as Farc.

"Com 75 votos a favor e nenhum contra, o plenário do Senado aprovou o novo acordo de paz. Fica pendente sua aprovação na Câmara dos Deputados", afirmou o ministro do Interior, Juan Fernando Cristo, em comunicado.

De acordo com o ministro, "com a participação de vítimas, representantes de igrejas cristãs, negritudes, indígenas, foi discutido e aprovado no Senado o novo acordo de paz que foi assinado na última quinta-feira".

Com este passo, esclareceu Cristo, "a esperada aprovação na Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira, poderá começar a implementar o acordo estipulado entre o governo e as Farc".

O ministro destacou a "qualidade" com que o debate foi realizado, já que "tanto partidários do "sim" como do "não" foram ouvidos igualmente com todo o respeito".

O debate no Senado foi aberto pelo principal negociador do governo, Humberto de la Calle, e o Alto Comissariado para a Paz, Sergio Jaramillo, que fizeram um acordo de confissão em favor do acordo, um texto renovado após a rejeição no referendo realizado no dia 2 de outubro, após ter sido assinado no dia 26 de setembro, em Cartagena.

Nesta quarta, a Câmara dos Deputados estará em sessão desde o início da manhã para discutir e referendar o novo acordo de paz.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos