Trump diz que muro na fronteira com o México já está sendo elaborado

Em Washington

  • Saul Loeb/AFP

    O presidente dos EUA, Donald Trump, fala diante de associação dos xerifes em encontro em Washington

    O presidente dos EUA, Donald Trump, fala diante de associação dos xerifes em encontro em Washington

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quarta-feira que o muro que prometeu construir na fronteira com o México "está sendo elaborado", será "grande" e "de muita ajuda" para garantir a segurança do país.

"O muro está sendo elaborado atualmente", comentou Trump em discurso perante uma conferência de chefes de polícia e oficiais das forças da ordem ao argumentar que, ao contrário do que alguns pensaram, "não estava brincando" durante a campanha eleitoral quando prometeu erguer a barreira.

"Eu não brinco sobre coisas assim, teremos um muro. Será um grande muro e fará muito, será de muita ajuda. Perguntem a Israel sobre muros. Os muros funcionam? Só perguntem a Israel. Eles (os muros) funcionam se forem feitos da maneira certa", insistiu o republicano.

Em outro momento ao longo do discurso desta quarta-feira, o líder americano afirmou que "é hora de deter" a entrada de drogas nos Estados Unidos.

Essas declarações de Trump coincidem com a visita de hoje a Washington do chanceler do México, Luis Videgaray, que pretende se reunir com os secretários americanos de Segurança Nacional, John Kelly, e de Estado, Rex Tillerson.

Além da construção do muro, cujo custo deve ser pago pelo México, segundo Trump, a relação bilateral passa por um momento tenso pela intenção do líder americano de renegociar o Tratado de Livre-Comércio da América do Norte (NAFTA), do qual ambos os países fazem parte junto com o Canadá.

Vários veículos da imprensa vazaram na semana passada parte do conteúdo de uma conversa por telefone na qual Trump supostamente propôs ao colega mexicano, Enrique Peña Nieto, o envio tropas ao México.

Em entrevista à emissora "Fox", Trump afirmou que nessa ligação Peña Nieto parecia estar "muito disposto" a receber ajuda dos Estados Unidos para combater os cartéis.

No entanto, o porta-voz da presidência mexicana, Eduardo Sánchez, respondeu nesta semana em outra entrevista com um "não contundente" à suposta proposta de Trump de enviar tropas.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos