Tempestade de neve mata 30 pessoas no norte do Afeganistão

Em Cabul

  • Mohammad Ismail/Reuters

Pelo menos 30 pessoas morreram, assim como 20.000 cabeças de gado, como consequência da tempestade de neve que castiga as províncias de Faryab e Badakhshan, ao norte do Afeganistão, onde outro temporal deixou quase 200 mortos no início deste mês.

"Como resultado da forte nevasca, 26 aldeões morreram e nove ficaram feridos em seis distritos (da província) desde ontem", disse à Agência Efe o porta-voz do governador de Faryab, Javid Baidar.

Por outro lado, na província nordeste de Badakhshan se contabilizaram quatro mortos nas avalanches, declarou à Efe Homayoon Dehqaan, chefe provincial do ANDMA, organismo encarregado da gestão de desastres no país asiático.

O porta-voz do governo de de Faryab afirmou que algumas das vítimas morreram sepultadas por avalanches, enquanto outras devido às baixas temperaturas que acompanharam as fortes nevascas, as piores "dos últimos 40 anos" na região e nas quais a neve alcançou entre 60 e 100 centímetros.

Além disso, a tempestade matou 20.000 cabeças de gado e destroçou 600 imóveis na província, onde, segundo Baidar, o número de vítimas mortais pode aumentar.

"Cerca de 30 pastores e 7.000 animais se encontram desaparecidos", detalhou o porta-voz, que indicou que as autoridades não conseguiram entrar em contato, por enquanto, com várias aldeias da região.

A tempestade de neve concedeu uma trégua nesta manhã, o que permitiu às autoridades começar as tarefas de socorro.

"Começamos a enviar assistência às áreas acessíveis por estrada", afirmou Baidar.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos