Trump diz que EUA voltarão a vencer e impor poderio militar ao resto do mundo

Em National Harbor

  • Kevin Lamarque/ Reuters

    Donald Trump discursa na Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC), em National Harbor, Maryland

    Donald Trump discursa na Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC), em National Harbor, Maryland

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu nesta sexta-feira que o país voltará a vencer e impor seu poderio militar ao mundo, durante discurso realizado na Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC).

"Eu não estou representando o mundo, estou representando nosso país. Somos americanos e o futuro pertence a nós", disse Trump no CPAC, principal encontro dos republicanos nos EUA.

Segundo Trump, a cooperação global está caminhando bem. No entanto, o presidente se distanciou do multilateralismo ao afirmar que não existe uma "moeda global" ou uma bandeira defendida por todos os países do mundo.

Diante uma plateia formada por ativistas conservadores de todo o país, que se reuniram em um complexo hoteleiro nos arredores de Washington, Trump prometeu que os EUA voltarão a vencer e a impor seu poderio militar graças ao grande aumento na despesa em defesa que ele irá promover. "Ninguém irá se meter conosco", disse.

"Quando foi a última vez que ganhamos? Quando foi a última vez que ganhamos uma guerra?", questionou, ressaltando a crença no conceito de "paz através da força".

O discurso nacionalista de Trump na CPAC lembrou os comícios durante a campanha eleitoral. Enquanto o presidente falava, os presentes gritavam "EUA, EUA, EUA".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos