Polícia turca detém 3 soldados por maltratar refugiados sírios

Istambul, 31 jul (EFE).- A polícia da Turquia deteve três soldados acusados de maltratar quatro refugiados sírios que acabavam de entrar no país, informaram nesta segunda-feira as próprias forças armadas em um comunicado.

"O pessoal que teve este comportamento inaceitável para um grupo de pessoas que foram apreendidas ao tentar cruzar ilegalmente a fronteira da Síria à Turquia está sob custódia e sujeito a processos administrativos e judiciais", detalhou o comunicado.

"Dentro do marco legal vigente, os quatro afetados foram entregues à polícia e, após certificar o seu bom estado de saúde, foram deportados", acrescentou a fonte.

O caso foi revelado após a divulgação de um vídeo em que se vê como vários uniformizados turcos agridem e gritam com os refugiados.

O incidente aconteceu no último dia 28 de julho, poucas horas depois que os quatro sírios conseguiram cruzar a fronteira turca.

As forças armadas abriram uma investigação depois que o vídeo foi postado em redes sociais.

A polícia deteve os dois soldados que aparecem no vídeo e um terceiro que gravou as agressões com o seu telefone celular.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos