PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Harvey se transforma em furacão de categoria 4 antes de chegar ao Texas

Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

Em Miami

25/08/2017 17h53Atualizada em 25/08/2017 20h57

O fenômeno climático Harvey se transformou nesta sexta-feira (25) em um furacão de categoria 4 ao aumentar seus ventos máximos sustentados para 209km/h, enquanto avança em direção à costa do Texas, onde chegará nas próximas horas, informou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC).

Em um boletim especial, o órgão disse que Harvey está a 70 quilômetros a leste da cidade de Corpus Christi e a 85 a sul-sudoeste de Port O'Connor.

Harvey, que pode se tornar o primeiro furacão das três maiores categorias na escala Saffir-Simpson (3, 4 ou 5) a alcançar a costa dos EUA nos últimos 12 anos, se desloca para noroeste com uma velocidade de translação de 13 km/h.

Harvey tornou-se um poderoso ciclone de categoria 4 na escala de intensidade Saffir-Simpson, cujo patamar máximo é cinco, e os especialistas do NHC previram que ele tocará terra na costa central do Texas hoje à noite.

Furacão Harvey visto do espaço por astronautas da Nasa - Reprodução/Twitter - Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

Os especialistas da Agência Nacional de Oceanos e Atmosfera dos EUA (NOAA) advertiram que na costa texana já ocorrem inundações de 30 a 61 centímetros por causa da maré.

Segundo um provável padrão de trajetória, Harvey tocará terra na costa central do Texas nesta noite, para depois "serpentear" pelo interior do estado e pela costa durante o fim de semana.

Está previsto o aumento do nível do mar e inundações em zonas costeiras desde Port Mansfield até High Island, onde devem ocorrer situações de risco de morte e por isso devem ser tomadas "todas as ações necessárias para proteger a vida e propriedades".

Os avisos de furacão afetam 1,4 milhão de pessoas que residem na costa sul do Golfo do México no Texas, enquanto outras 12 milhões se encontram sob aviso de ventos de tempestade tropical, incluindo as populosas cidades de San Antonio e Houston.

As fortes chuvas, que talvez se prolonguem até a próxima semana, podem afetar partes do sul, centro e leste do Texas e o vale do Mississipi.

"Inundações históricas"

O governador do Texas, o republicano Gregg Abbott, alertou nesta sexta-feira que o estado sofrerá "inundações históricas" com a chegada do furacão Harvey.

"(Harvey) vai provocar inundações históricas em múltiplos locais", indicou o governador em entrevista coletiva, na qual tambem pediu que a população se prepare para um "desastre muito grande".

Abbott pediu em uma carta enviada ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que declare estado de desastre no Texas antes da chegada do furacão para que ele possa ter acesso aos fundos federais de emergência.

Internacional