PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Coreia do Norte lança míssil que sobrevoa Japão e cai no Pacífico

28/08/2017 22h50

(Acrescenta com mais detalhes do lançamento e reações do Executivo japonês).

Tóquio, 29 ago (EFE).- A Coreia do Norte lançou nesta terça-feira (data local) um míssil balístico que teria sobrevoado o território japonês e caído perto da costa oriental da ilha de Hokkaido, no Oceano Pacífico, informou o governo do Japão.

O projétil caiu a cerca de 1.180 quilômetros do Cabo de Erimo, no extremo do nordeste do arquipélago japonês, segundo o ministro porta-voz do Executivo, Yoshihide Suga.

O lançamento aconteceu às 5h58 (hora local; 17h58 de segunda-feira em Brasília) na cidade de Sunan, perto da capital norte-coreana, Pyongyang, de acordo com o exército da Coreia do Sul, que confirmou que o míssil sobrevoou território japonês.

O novo teste norte-coreano ocorre depois de Pyongyang ter lançado no sábado três mísseis balísticos de curto alcance no Mar do Japão. Suga afirmou que o lançamento de hoje constitui uma "grave e séria ameaça para a segurança" do país.

Trata-se do primeiro míssil norte-coreano que sobrevoa o arquipélago japonês - sem incluir as ilhas desabitadas ao sudoeste do país - desde abril de 2009, quando o projétil de longo alcance Taepodong-2 atravessou o espaço aéreo do Japão.

O míssil percorreu uma distância total de 2.700 quilômetros e atingiu cerca de 550 quilômetros de altura antes de cair no mar, afirmaram fontes militares da Coreia do Sul à agência "Yonhap".

O governo do Japão está nesse momento analisando a situação junto com os Estados Unidos e a Coreia do Suk, segundo Suga.

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, indicou que seu governo trabalhará para "garantir a segurança dos seus cidadãos" e que tratará de "averiguar as intenções que há por trás da nova provocação de Pyongyang".

Além disso, anunciou que o Japão solicitará uma reunião urgente do Conselho de Segurança da ONU "para pedir que a comunidade internacional exerça mais pressão sobre a Coreia do Norte", em declarações aos meios de comunicação ao final de uma reunião do Conselho de Segurança Nacional.

O sistema nipônico de alerta via satélite J-Alert notificou o lançamento e pediu aos residentes da área próxima à sua trajetória que tomassem precauções, o que também levou à interrupção de várias vias ferroviárias regionais do leste e do norte de Japão, segundo a emissora de televisão estatal "NHK".

A Coreia do Norte foi punida recentemente pelo Conselho de Segurança da ONU pelos lançamentos de mísseis balísticos.

Internacional