PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Jornal espanhol diz que Rússia está interferindo na crise catalã

23/09/2017 05h16

Madri, 23 set (EFE).- "A maquinaria da interferência russa permeia a crise catalã", diz na edição deste sábado do jornal "El País", da Espanha, apontando que "a rede global que atuou a favor de Trump e o Brexit se dedica agora à Espanha".

"Os portais de Internet com aparência de mídia divulgam notícias falsas que são ecoadas por milhares de perfis automatizados em redes sociais como Twitter", de acordo com uma investigação desses fóruns digitais feitos pelo jornal.

Ele acrescenta que "essas mentiras fazem eco em ativistas na órbita russa como Edward Snowden e, sobretudo, Julian Assange, que emprega suas redes sociais para alertar sobre o advento de outra guerra civil".

O "El País" aponta que "não é coincidência que o RT, um meio financiado pelo governo russo que funciona como um órgão de propaganda a favor do Kremlin, esteja empregando seu portal em espanhol para divulgar notícias sobre a crise catalã com uma tendência claramente contrário à legalidade constitucional" espanhola.

"Washington assume que Snowden, que participou de videoconferências sobre segurança da informática e espionagem eletrônica, colabora de forma habitual com os serviços secretos russos", informa o jornal madrilenho.

O governo autônomo da Catalunha convocou um referendo de independência para o próximo dia 1º de outubro, que governo espanhol considera ilegal e foi suspenso pelo Tribunal Constitucional.

Apesar desta situação, as autoridades catalãs continuam com a intenção de realizar essa consulta, o que levou a ações judiciais e a prisões de vários altos funcionários do governo catalão, supostamente envolvidos na organização do referendo.

Internacional