PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Schulz reconhece derrota para Merkel em dia "difícil e amargo" para o SPD

24/09/2017 14h05

Berlim, 24 set (EFE).- O candidato do Partido Social-Democrata (SPD) à chancelaria da Alemanha, Martin Schulz, reconheceu neste derrota nas eleições realizadas neste domingo, um dia que considerou "difícil e amargo" para a social-democracia no país.

Em um pronunciamento na sede do partido após a divulgação dos primeiros resultados de boca de urna, que indicam 21% dos votos para o SPD, o pior resultado desde a Segunda Guerra Mundial, Schulz alertou também para a "fratura" representada pela chegada ao parlamento da ultradireitista Alternativa para a Alemanha (AfD).

"Falhamos no nosso objetivo", reconheceu Schulz, que avaliou que o SPD não conseguiu convencer a base eleitoral tradicional do partido, alertando também sobre a "impressionante força" da AfD, um fato que "nenhum democrata pode deixar de lado".

Internacional