Guarda Civil bloqueia mais de 140 sites de apoio ao referendo catalão

Barcelona (Espanha), 26 set (EFE).- A Guarda Civil da Espanha bloqueou mais de 140 páginas sites de apoio do referendo de independência da Catalunha, considerado ilegal, programado para o próximo domingo, por ordem judicial, entre elas da Assembleia Nacional Catalã (ANC), uma das principais organizações que apoiam a consulta.

De acordo com fontes da Agência Efe, os sites foram encerrados nas últimas horas em cumprimento da resolução do Superior Tribunal catalão, do último sábado, que autorizava a Guarda civil em bloquear as páginas que apoiassem a consulta suspensa pelo Tribunal Constitucional.

Desde que o Tribunal Constitucional suspendeu o referendo independentista, a Justiça espanhola está atuando para impedir a consulta, enquanto o governo catalão insiste na sua realização.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos