Oposição do Nepal vence primeiras eleições municipais em 20 anos

Katmandu, 26 set (EFE).- O principal grupo de oposição no Nepal, o partido comunista CPN-UML, foi o mais votado nas eleições municipais no país, as primeiras realizadas em duas décadas.

Dos 753 municípios disputados, o CPN-UML levou a melhor em 295. Já o Partido do Congresso, atualmente no governo, venceu em 265, informou nesta terça-feira a Comissão Eleitoral do Nepal.

"Ainda que a contagem dos votos ainda não tenha terminado em alguns poucos lugares, o CPN-UML ficou claramente no primeiro lugar das eleições locais", indicou à Agência Efe o porta-voz da Comissão Eleitoral do Nepal, Navaraj Dhakal.

O pleito, o primeiro realizado no Nepal em 20 anos, teve a particularidade de ser executado em três fases devido ao inflamado conflito entre o governo central e os partidos que representam a minoria madhesi.

Os grupos madhesi, reunidos sob a coalizão Rastriya Janta (RJPN), não participaram das duas primeiras etapas das eleições. Além disso, ameaçaram boicotar a terceira fase. No fim, acabaram participando, mas ficaram apenas com a quarta posição.

Os madhesi exigem uma reforma constitucional que mude o mapa do país, dividido em sete províncias desde a entrada em vigor da Constituição de 2015. Eles exigem para sua comunidade a criação de duas províncias, que incluam cerca de 20 distritos.

O CPN-UML, vencedor do pleito, se opõe à reforma.

As últimas eleições locais do Nepal ocorreram em 1997. A guerra civil no país, que durou quase uma década, paralisou a realização de novos pleitos até a chegada da paz em 2008, quando foi convocada uma votação para eleger uma Assembleia Constituinte.

Desde então, os sucessivos governos nepaleses focaram em conseguir criar uma Constituição, o que relegou a um segundo plano a realização de eleições municipais por vários anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos