Maduro diz estar pronto para assinar e cumprir pré-acordo com a oposição

Caracas, 19 jan (EFE).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou nesta sexta-feira que está pronto para assinar e cumprir o pré-acordo firmado por chavistas e opositores na negociação realizada na República Dominicana, que visa encontrar soluções para grave crise enfrentada pelo país.

"Aí está o pré-acordo de 7 itens. Estou pronto para assiná-lo e cumpri-lo, mas se os senhores (a oposição) não quiserem assiná-lo, eu seguirem adiante. Nada nem ninguém vai no deter", afirmou Maduro no fim de um encontro com simpatizantes em Caracas.

O presidente afirmou que a oposição, que decidiu não comparecer a uma reunião marcada para ontem após algumas declarações de membros do governo que os associavam ao ex-policial insurgente Oscar Pérez, morto na segunda-feira, recebeu ordens do imperialismo e da direita mundial para que não se sentassem para dialogar com o chavismo.

"Pior para os senhores, porque ninguém vai nos deter", reafirmou o presidente no ato, transmitido em rede nacional de televisão.

O chanceler da República Dominicana, Miguel Vargas, disse hoje que ainda não há data para retomar o diálogo entre governistas e opositores venezuelanos. No entanto, ressaltou que as partes estão em contato para chegar a um acordo.

A oposição pede nas negociações mudanças no Conselho Eleitoral, órgão que consideram sem credibilidade para conduzir a eleição presidencial desse ano, além da restituição de todos os poderes da Assembleia Nacional, o parlamento do país, de maioria anti-chavista.

Outras exigências são a libertação de todos os considerados como "presos políticos" e a abertura de um canal humanitário no país.

O governo, por outro lado, exige o fim das sanções econômicas internacionais contra o país e reconhecimento da Assembleia Nacional Constituinte, um órgão composto apenas por chavistas.

A oposição nega que todos os pontos do diálogo tenham sido resolvidos, como afirma Maduro, e alega que as eleições e o destino da Constituinte são questões "travadas" nas negociações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos