PUBLICIDADE
Topo

Pesquisa revela que bonobos e chimpanzés também compartilham linguagem

27/02/2018 17h22

Redação Central, 27 fev (EFE).- Os chimpanzés e os bonobos, duas espécies muito parecidas de primatas, usam gestos que têm o mesmo significado para os dois, revelou um estudo publicado nesta terça-feira na revista "PLOS".

Embora já se soubesse que as duas espécies compartilham alguns gestos, o grau de semelhança dos significados é uma descoberta dos pesquisadores das Universidades de York e Saint Andrews, no Reino Unido, e a de Tóquio, no Japão. De acordo com Kirsty Graham, da Universidade de York, a semelhança no significado do gestual "é bastante considerável e pode indicar" que eles são "herdados biologicamente".

As duas espécies, que se separaram há 1 ou 2 milhões de anos, usam sinais semelhantes em diversas situações e com variados propósitos, como para começar a limpeza corporal ou para mudar de postura durante esse processo.

Os estudiosos começaram a definir o significado de cada gesto dos bonobos observando a reação que gera e se o animal que realizava o gesto estava "satisfeito" com a reação, explicou a revista em comunicado. Os especialistas definiram 33 gestos de bonobos e compararam com os que já conheciam dos chimpanzés e o resultado foi que "parece que muitos dos significados" dessas ações são compartilhados por ambas as espécies e "talvez possa ser partilhado também pelo nosso último ancestral comum", segundo a nota.

A pesquisadora disse que, no futuro, a expectativa é entender mais sobre como os gestos são desenvolvidos pelos macacos ao longo da vida. Segundo ela, a semelhança de movimentos deles e dos humanos também está sendo estudada.