EUA expressam desejo de que as duas Coreias "alcancem progresso" com cúpula

Washington, 26 abr (EFE).- O governo dos Estados Unidos expressou nesta quinta-feira seu desejo de que o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, "alcancem um progresso" para a península com as conversas que realizam neste momento na sua fronteira.

"Esperamos que as conversas alcancem um progresso para um futuro de paz e prosperidade para toda a península da Coreia", disse a Casa Branca em comunicado.

Os Estados Unidos, que desejaram "o melhor" ao povo coreano, também agradeceram a Seul pela "estreita coordenação " neste processo de aproximação com Pyongyang.

Além disso, demonstraram seu interesse em "continuar os debates sólidos de preparação" da histórica reunião prevista para meados de maio entre Kim Jong-un e o presidente americano, Donald Trump.

Moon Jae-in e Kim Jong-un protagonizaram nesta manhã de sexta-feira na Coreia um histórico encontro na fronteira entre os países antes de começar a cúpula que aborda a possível desnuclearização do regime de Pyongyang.

Kim cruzou a linha de demarcação militar que separa os dois países em um gesto que lhe transforma no primeiro líder norte-coreano a pisar em solo do Sul desde que em 1953 se alcançou o armistício entre as duas Coreias.

Os dois líderes estão agora na Peace House, o edifício situado no lado sulista onde acontece a cúpula.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos