Ataque de desconhecidos em Aleppo mata 5 "capacetes brancos"

Cairo, 26 mai (EFE).- Pelo menos cinco trabalhadores da Defesa Civil síria, conhecidos como os "capacetes brancos", foram assassinados na madrugada deste sábado por um grupo de desconhecidos armados em uma de suas sedes na província de Aleppo, no noroeste da Síria.

A equipe integrada por voluntários que prestam trabalhos de resgate em zonas fora do controle do Governo, informou em sua conta do Twitter que os homens abriram fogo contra eles, o que provocou a morte de cinco e deixou outros dois feridos.

O fato aconteceu depois da ruptura do jejum do mês sagrado de Ramadã no centro da Defesa Civil na cidade de Tal Hadya, no sul da província de Aleppo.

Nenhum grupo reivindicou até o momento a autoria do ataque.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos