Síria reconhece independência de Abkházia e Ossétia do Sul

Cairo, 29 mai (EFE).- A Síria anunciou nesta terça-feira que reconhece a independência das regiões separatistas georgianas de Abkházia e Ossétia do Sul, também reconhecidas pela Rússia, e que estabelecerá relações diplomáticas em nível de embaixada.

A Agência oficial "Sana", que fez o anúncio, explicou que é uma resposta à ajuda de Abkházia e Ossétia do Sul às posições de apoio das autoridades desses territórios a Damasco contra o "inimigo terrorista".

A Síria se transforma no quarto país a reconhecer a independência dessas duas regiões da Geórgia depois da Rússa, Nicarágua e Venezuela.

A Rússia reconheceu a independência dessas regiões em 2008 após enviar tropas a Ossétia do Sul em defesa da população local, que na maioria ostentava a cidadania russa.

O reconhecimento é um gesto de Damasco para Moscou, principal aliado do presidente sírio, Bashar al-Assad, e que intervém militarmente no conflito sírio desde 2015, quatro anos depois de seu início.

Na época da intervenção russa em Ossétia do Sul, em 2008, Assad manifestou seu apoio ao seu então colega russo, Dmitri Medvedev, pelas suas ações militares contra a Geórgia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos