Topo

Kim Jong-un deixa Singapura após reunião histórica com Trump

12/06/2018 12h23

Singapura, 12 jun (EFE).- O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, chegou nesta terça-feira ao aeroporto internacional de Singapura para deixar o país, cerca de oito horas depois do encerramento da histórica cúpula com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

A comitiva de Kim se dirigiu ao aeroporto de Changi pouco depois das 22h30 (11h30 em Brasília) para deixar a cidade-Estado do sudeste asiático. Trump, por sua vez, decolou rumo aos EUA às 18h locais (7h em Brasília).

Não há informações sobre as atividades de Kim no hotel desde que ele deixou o local da reunião, pouco depois das 14h locais (3h em Brasília), até sua saída para o aeroporto.

A histórica cúpula de Kim e Trump abriu um novo capítulo nas relações entre Estados Unidos e Coreia do Norte, e esteve cheia de gestos amistosos e declarações otimistas.

Os dois líderes se reuniram durante mais de quatro horas no hotel Capella, na ilha de Sentosa, e assinaram uma declaração na qual se comprometeram a desenvolver novas relações para "a promoção da paz, da prosperidade e da segurança ".

"O presidente Trump se compromete a oferecer garantias de segurança à República Popular Democrática da Coreia (nome oficial da Coreia do Norte), e o presidente Kim Jong-un reafirmou seu firme e inquebrantável compromisso para a desnuclearização da Península da Coreia", diz a declaração conjunta.

O acordo - que, por enquanto, acaba com o último legado da Guerra Fria - estabelece que as negociações entre os dois países vão continuar, mas não apresenta detalhes, nem um calendário para a almejada desnuclearização de Pyongyang.

Mais Internacional