PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Polícia ataca protesto contra presidente Daniel Ortega em Manágua

29/09/2018 21h12

Manágua, 29 set (EFE).- A Polícia da Nicarágua realizou neste sábado uma nova ação contra manifestantes que participavam de um protesto pacífico contra o presidente Daniel Ortega em Manágua e deteve um número não determinado de pessoas.

Os policiais, que acompanhavam a movimentação desde antes do início da manifestação, na região central da capital, atacou de forma repentina os participantes com bombas de som, balas de borracha e agressões físicas. Entre os agredidos fisicamente pelos policiais estão um cinegrafista da rede de TV "CNN" e um fotógrafo da agência de notícias "AFP".

Alguns manifestantes disseram que a Polícia capturou cerca de 20 pessoas. Moradores do bairro Riguero afirmaram alguns participantes conseguiram escapar pulando os muros das casas.

Ontem, a Polícia Nacional tinha advertido que os protestos contra Ortega são "ilegais". Organizações humanitárias ressaltaram que a legislação nicaraguense permite manifestações como um direito constitucional.

A Nicarágua vive uma crise sociopolítica que gerou vários protestos contra a administração de Daniel Ortega e deixou mais de 300 mortos, conforme organismos de Direitos Humanos nacionais e estrangeiros. Dados oficiais, no entanto, informaram que 199 pessoas morreram.

Internacional