PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Afeganistão adia eleições presidenciais para 20 de julho

30/12/2018 14h05

Cabul, 30 dez (EFE).- A Comissão Eleitoral Independente Afegã (IEC, em inglês) adiou para 20 de julho de 2019 as eleições presidenciais, inicialmente previstas para abril, informou neste domingo à Agência Efe uma fonte oficial.

"As eleições foram postergadas para permitir maiores reformas e organizar um pleito transparente", disse o porta-voz da IEC, Abdul Aziz Ibrahimi.

Na quarta-feira, a Comissão advertiu que era provável que as datas mudassem porque se deu conta durante o pleito parlamentar de 20 de outubro da necessidade de implementar reformas no processo eleitoral, nas listas de eleitores e no sistema biométrico, assim como aumentar a conscientização dos trabalhadores do sistema.

O Palácio Presidencial do Afeganistão elogiou a decisão e afirmou que trabalhará com a IEC para preparar o pleito.

"O Governo do Afeganistão, com relação à decisão da IEC e considerando os diferentes motivos colocados pela comissão, cooperará na organização das eleições presidenciais em julho", declarou o Palácio em comunicado.

Estava previsto que as eleições presidenciais fossem realizadas seis meses depois das eleições parlamentares, que foram postergadas em várias ocasiões e finalmente realizadas em outubro, depois de três anos de atrasos.

Após quase 17 anos de conflito armado, o Governo controla cerca de 55% do território do Afeganistão e os talibãs dominam em torno de 11%, enquanto o resto do território está em disputa, segundo dados do Inspetor Especial Geral para a Reconstrução do Afeganistão (SIGAR) do Congresso dos Estados Unidos. EFE

Internacional