PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Seul lamenta falta de resultados em reunião Kim-Trump, mas está otimista

28/02/2019 07h38

Seul, 28 fev (EFE).- O Governo da Coreia do Sul lamentou que não tenha sido fechado um acordo completo na reunião entre Estados Unidos e Coreia do Norte, mas se mostrou otimista já que acredita que houve um progresso "significativo" em suas negociações.

O presidente americano, Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, se encontraram hoje em Hanói, mas a reunião acabou sem declaração final e horas antes do programado.

"Lamentamos que o presidente Trump e o presidente Kim Jong-un não tenham podido chegar a um acordo completo na reunião de hoje", afirmou o porta-voz do Governo sul-coreano Kim Eui-kyeom.

A fonte disse que, apesar disso, as duas partes parecem ter feito "avanços mais significativos do que em qualquer outro momento no passado".

Em entrevista coletiva ao final da reunião, Trump disse que tinha decidido se retirar da reunião porque o regime de Pyongyang queria que as sanções fossem retiradas "de forma integral".

Trump afirmou que em troca de retirar as sanções Kim ofereceu desmantelar o centro de pesquisa nuclear de Yongbyon, uma oferta que Washington se negou a aceitar. EFE

Internacional