PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Erdogan ameaça especuladores antes de eleições municipais na Turquia

24/03/2019 14h49

Istambul, 24 mar (EFE).- O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, afirmou neste domingo que fará aqueles que especularem contra a lira turca pagarem um preço alto antes das eleições municipais que serão realizadas daqui uma semana no país.

"Ouçam vocês que estão no setor financeiro, juntando divisas no mercado e cometendo atos provocativos, vaticinando que o câmbio subirá: vocês pagarão caro por isso", disse Erdogan durante um grande comício realizado hoje em Istambul.

"Aos que fazem esse tipo de coisa às vésperas das eleições, digo: sabemos quem vocês são. Sabemos o que vocês estão fazendo. Após o pleito, enviaremos uma conta muito alta", alertou o presidente em discurso, transmitido pela emissora "NTV".

Erdogan ainda informou que o conselho de regulação dos bancos da Turquia, o BDKK, está tomando medidas para abrir uma investigação contra JP Morgan, que teria publicado na última sexta-feira um relatório aconselhando a compra da lira turca.

A moeda local, que estava estável há quatro meses, perdeu 4% de seu valor em relação ao euro na sexta-feira.

Em comunicado, o BDKK disse que o relatório do JP Morgan era "enganoso e manipulador". O Conselho de Mercados de Capital (SPK) também anunciou que vai investigar o banco americano na Turquia.

O comício de Erdogan, o maior realizado em Istambul durante a campanha para as eleições municipais, reuniu centenas de milhares de seguidores do Partido Justiça e Desenvolvimento (AKP), que governa a Turquia desde 2002, e do Ação Nacional (MHP), parceiro no Executivo.

Após Erdogan, Binali Yildirim, primeiro-ministro do país até julho do ano passado, quando o cargo foi extinto, também discursou. Ele agora disputa a prefeitura de Istambul pelo AKP.

Nas eleições gerais de junho do ano passado, a coalizão Cumhur, formada por AKP e MHP, obteve 50,7% dos votos em Istambul, que tem 16 milhões de habitantes. Por esse motivo, a disputa pela prefeitura com o Partido Republicano do Povo (CHP), será muito acirrada.

Apesar das eleições serem municipais, Erdogan é o principal orador em todos os comícios do AKP. A estratégia do presidente é convencer os eleitores que o pleito é uma questão nacional de defesa da Turquia contra múltiplas ameaças do exterior. EFE

Internacional