Topo

Raúl Castro recebe delegação militar da China em Havana

16/05/2019 20h54

Havana, 16 mai (EFE).- O ex-presidente e líder do Partido Comunista de Cuba (PCC), Raúl Castro, recebeu nesta quinta-feira em Havana uma delegação da Comissão Militar Central da China liderada pelo diretor do departamento político da entidade, o almirante Miao Hua.

Uma nota divulgada pela imprensa estatal cubana diz apenas que, "no fraternal encontro, ficaram em evidência as excelentes relações existentes entre os povos, partidos, governos e forças armadas dos dois países".

O almirante Miao Hua e a delegação fazem uma visita oficial que incluiu uma homenagem a Antonio Maceo no mausoléu onde estão os restos mortais do herói das guerras de independência cubana, e também conheceu unidades militares.

Também participaram do encontro com o almirante o ministro e o vice-ministro das Forças Armadas Revolucionárias de Cuba, os generais Leopoldo Cintra Frías e Álvaro López Miera, respectivamente.

Cuba e a China possuem estreitas relações políticas e econômicas, e o país asiático é um dos principais aliados da ilha e seu segundo maior parceiro comercial.

Em novembro do ano passado, o presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, fez uma visita a Pequim, onde se reuniu com o presidente chinês, Xi Jinping, e os dois anunciaram um estímulo aos laços "de amizade" entre os dois países, governados por um sistema de partido único comunista.

Em 1960, Cuba foi o primeiro país latino-americano a estabelecer relações diplomáticas com a República Popular da China, fundada em 1949.

A China, por sua vez, apoia tradicionalmente Cuba nos fóruns internacionais como as Nações Unidas, nas quais pediu o fim do embargo dos Estados Unidos ao país caribenho. EFE

Mais Internacional