Topo

Trump liga para Fernández e o parabeniza por vitória eleitoral na Argentina

"Instrui o FMI a trabalhar com você. Não hesite em me ligar", disse Trump a Fernández - Ricardo Moraes/Reuters
"Instrui o FMI a trabalhar com você. Não hesite em me ligar", disse Trump a Fernández Imagem: Ricardo Moraes/Reuters

Da EFE, em Buenos Aires

01/11/2019 18h46

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ligou nesta sexta-feira para o presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, para parabenizá-lo pela vitória sobre Mauricio Macri em primeiro turno e disse ter instruído a equipe americana no Fundo Monetário Internacional (FMI) a ajudar o país.

"Instrui o FMI a trabalhar com você. Não hesite em me ligar", disse Trump a Fernández na ligação, segundo fontes da coalizão Frente de Todos, liderada pelo presidente eleito da Argentina.

"Parabéns pela grande vitória. A acompanhamos pela televisão. Você vai fazer um trabalho fantástico. Espero conhecê-lo em breve. Sua vitória foi comentada em todo o mundo", completou o presidente americano na ligação.

Fernández, por sua vez, disse ao presidente americano que tem a intenção de manter uma relação "madura e cordial" com a Casa Branca. Para o presidente eleito, há muitas coisas em comum entre os Estados Unidos e a Argentina, que, segundo ele, precisará de ajuda para afastar a atual crise econômica.

"Temos coisas para fazer juntos", afirmou Fernández a Trump.

Durante a campanha eleitoral, o agora presidente eleito da Argentina, que foi chefe de gabinete no governo de Néstor Kirchner e no início do primeiro mandato de Cristina Kirchner, hoje sua vice-presidente, afirmou que o país está muito condicionado às políticas da Casa Branca.

"Se convivemos com (George W.) Bush, como não vamos poder conviver com Trump?", disse Fernández ainda durante a campanha.

O apoio de Trump foi essencial para que Macri conseguisse um empréstimo de US$ 56,3 bilhões com o FMI, o maior já concedido pela instituição na história. Empresários de carreira, os dois presidentes já se conheciam antes de assumir os respectivos cargos em seus países.

Alberto Fernández é eleito presidente da Argentina

Band Notí­cias

Notícias