PUBLICIDADE
Topo

China diz que pode vacinar equipes de saúde contra coronavírus ainda neste ano

Vacina da China seria emergencial e usada em profissionais da área da saúde - Istock
Vacina da China seria emergencial e usada em profissionais da área da saúde Imagem: Istock

24/04/2020 15h18

O diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China, Gao Fu, afirmou nesta sexta-feira (24) que o país poderia ter uma vacina contra o novo coronavírus, a ser destinada aos funcionários do setor de saúde, ainda em neste ano.

"Talvez, em setembro, poderíamos ter uma vacina para ser usada emergencialmente, por exemplo, se tivermos um novo surto do vírus, que poderia ser utilizada em grupos especiais, como os trabalhadores sanitários", afirmou o responsável pelo órgão público, em entrevista à emissora estatal de televisão.

O diretor do Centro, que também é virólogo e epidemiólogo, explicou que se a Covid-19 voltar a se reproduzir em grande escala, as vacinas que estão na segunda ou terceira fase de testes clínicos poderiam ser utilizadas.

Gao apontou que, no início de 2021, uma das cinco vacinas que estão sendo desenvolvidas na China poderá estar pronta para uso em pessoas saudáveis, como parte do processo de imunização, após a conclusão dos processos de pesquisa e desenvolvimento.

Habitualmente, o período para que a vacina possa estar disponível para uso na população é de, pelo menos entre 12 e 18 meses, segundo aponta a Organização Mundial de Saúde (OMS), mas o próprio diretor do órgão chinês admitiu que a situação de emergência pode antecipar a situação.

Coronavírus