PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Metade dos russos rejeitariam vacina contra o novo coronavírus, diz pesquisa

Pesquisa indicou que 50% da população da Rússia não aceitaria ser vacinada contra o novo coronavírus - FilippoBacci/Getty Images
Pesquisa indicou que 50% da população da Rússia não aceitaria ser vacinada contra o novo coronavírus Imagem: FilippoBacci/Getty Images

26/06/2020 18h03

Uma pesquisa realizada pelo centro de opinião pública FOM, veiculada hoje, indicou que 50% da população da Rússia não aceitaria ser vacinada contra o novo coronavírus em futuro próximo.

De acordo com a enquete, apenas 44% dos entrevistados responderam positivamente à pergunta feita sobre a eventual imunização para o patógeno, que provoca a covid-19.

Entre os motivos que levaram os russos a rejeitar a vacina estão a desconfiança em uma vacina feita às pressas e a falta de certeza sobre existir forma real de imunidade contra o novo coronavírus, entre outras respostas.

Segundo os dados detalhados divulgados pela FOM, as pessoas de até 45 anos são a maioria entre os que não querem ser vacinados.

Além disso, 48% dos entrevistados acredita que a imunização que está sendo elaborada na Rússia será de boa qualidade, contra 20% entre os que não concordam com essa possibilidade.

Coronavírus