PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Rússia patenteia EpiVacCorona, segunda vacina contra covid-19

11.ago.2020 - Pesquisadora exibe vacina contra o coronavírus registrada pela Rússia - RDIF/Handout via Xinhua
11.ago.2020 - Pesquisadora exibe vacina contra o coronavírus registrada pela Rússia Imagem: RDIF/Handout via Xinhua

30/09/2020 16h12

A Rússia patenteou sua segunda vacina contra a Covid-19, desenvolvida pelo Centro de Pesquisa Estatal de Virologia e Biotecnologia Vector e chamada EpiVacCorona, conforme revelou nesta quarta-feira o Serviço Federal de Propriedade Intelectual (Rospatent).

"Os especialistas da Rospatent concluíram o exame da segunda rodada de pedidos de invenções relacionadas à vacina contra o coronavírus SARS-CoV 2. O Centro de Pesquisa Estadual de Virologia e Biotecnologia Vector recebeu patentes para a vacina que criou contra a Covid-19", diz o comunicado da agência.

A EpiVacCorona contém antígenos peptídicos sintéticos, fragmentos do vírus. A vacina baseada nesses antígenos gera uma resposta imunitária e contribui para o desenvolvimento da imunidade contra a Covid-19, observou a Rospatent.

O governo russo planeja registrar sua segunda vacina em 15 de outubro. Os testes clínicos da fase II foram concluídos hoje.

A primeira vacina russa, Sputnik V, foi registrada em 11 de agosto e está atualmente em fase III de testes, cujos primeiros resultados são esperados para outubro ou novembro.

Enquanto isso, a Rússia está registrando um novo aumento nos casos de coronavírus, totalizando 8.481 nas últimas 24 horas.

Em Moscou, foco da pandemia no país, foram registrados 2.308 novos casos de Covid-19 entre ontem e hoje.

Coronavírus