PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
15 dias

Espanha chegará a 7,5 milhões de doses de vacina doadas à América Latina

Desde julho, quando foi alcançada a marca de 50% da população espanhola com, ao menos, uma dose, foi iniciado o processo de envio para nações da América Latina - Yelena Afonina\TASS via Getty Images
Desde julho, quando foi alcançada a marca de 50% da população espanhola com, ao menos, uma dose, foi iniciado o processo de envio para nações da América Latina Imagem: Yelena Afonina\TASS via Getty Images

27/09/2021 17h00

A Espanha alcançará nos próximos dias o objetivo traçado pelo presidente do governo do país, Pedro Sánchez, de doar 7,5 milhões de vacinas contra a covid-19 para nações da América Latina, segundo confirmou nesta segunda-feira a secretária de Estado de Cooperação Internacional, Pilar Cancela.

A integrante do Executivo fez anúncio durante discurso no painel na Conferência sobre o Futuro da Europa, organizado pela bancada do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) no Congresso local.

A doação de 7,5 milhões de doses foi proposta por Sanchéz, que divulgou na semana passada, em Nova York, nos Estados Unidos, o compromisso de enviar outros 7,5 milhões de imunizantes adicionais, para reforçar a vacinação na América Latina.

Desde julho, quando foi alcançada a marca de 50% da população espanhola com, ao menos, uma dose, foi iniciado o processo de envio para nações da América Latina, como parte do compromisso do governo no mecanismo Covax, da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Guatemala, Nicarágua, Paraguai e Peru são alguns dos países beneficiados pela ação, que visa ampliar a vacinação para o maior número de pessoas.

No discurso de hoje, Cancela destacou a importância de que seja definida uma política de cooperação que permita à União Europeia (UE) ter uma voz mais decisiva no mundo.