Incêndio em prédio de Londres começou em geladeira, diz polícia britânica

Em Londres

O incêndio que consumiu um prédio residencial em Londres deixando ao menos 79 mortos no último dia 14 começou no freezer de uma geladeira da marca Hotpoint, informou a polícia da capital britânica nesta sexta-feira (23).

A superintendente da polícia, Fiona McCormack, disse que o modelo da Hotpoint que deu origem ao incêndio, o FF175BP, não estava passando por um recall e que a fabricante está realizando testes adicionais.

A polícia disse também que tanto o isolamento como os azulejos do revestimento do prédio não passaram nos testes de segurança feitos após o incêndio.

A polícia acrescentou que está considerando homicídio culposo entre as possíveis ofensas criminais que podem ter sido cometidas no incidente.

O edifício, localizado no bairro de North Kensington e que consiste na sua maioria por apartamentos de habitação social, onde viviam entre 400 e 600 pessoas, pegou fogo com rapidez. (Reportagem de Michael Holden e Alistair Smout)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos